“Por que regou as flores se não iria ficar para primavera?”
Guilherme  (via s-i-m-p-l-i-f-i-c-a-r)